Cuidar da área contábil de uma empresa é fundamental. A falta de conhecimento sobre o que é ativo imobilizado e falta de controle patrimonial nas organizações prejudica o conhecimento da situação contábil das companhias. Com uma boa gestão é possível definir investimentos, planos de expansão.

Mas o que é ativo imobilizado? De maneira simples, ativo imobilizado diz respeito ao grupo de bens que são necessários para continuidade do cotidiano empresarial, como áreas construídas, maquinas de grande porte, etc.

Mas o ativo imobilizado não se resume somente a isso, ele também engloba os gastos com as melhorias em bens que são arrendados ou locados, bem como os recursos que já foram utilizados para comprar bens tangíveis ou que foram aplicados.

São vários os exemplos das vantagens de fazer o controle do ativo como construções em andamento, adiantamentos para aquisição de bens em consórcio, importações em andamento, entre outros.

Para controlar o ativo imobilizado de uma organização é preciso ter um sistema de gestão que seja capaz de seguir normas que vão facilitar e conduzir procedimentos administrativos como, por exemplo, realização de inventários, cálculos e atualizações que envolvem depreciação, valores de reposição, entre outros itens.

O controle do ativo não pode ser visto apenas como ferramenta para combater fraude. A gestão desse controle ajuda e muito. Confira benefícios importantes:

  • Barra investimentos desnecessários;
  • Dá suporte em casos de sucessão, fusão ou incorporação
  • Fornece informações que ajudam a definições na empresa;
  • Ajuda a completar exigências em caso de necessidade de adquirir crédito

Controlar o ativo imobilizado de uma empresa não é apenas fazer o controle do patrimônio, não é só dar valor ao bem, é preciso saber quanto tempo de vida útil ele oferece. Por isso, é recomendável contratar um serviço de gerenciamento de ativo imobilizado. Com ele, é possível ter a interligação da contabilidade e a manutenção, por exemplo.

Uma das principais características do controle dos ativos é a de controlar todo o ciclo de vida dos patrimônios da empresa, facilitando o controle de gastos da empresa.

Controlar ativo imobilizado

A gestão de controlar o ativo imobilizado de uma empresa pede processo com muitas atividades e tarefas. E nesse caminho é comum acontecerem problemas. Mas eles surgem porque muitas empresas desprezam a importância de um bom inventário físico.

Uma outra ação importante que é preciso esteja clara para os empreendedores e administradores das empresas é sobre a administração dos bens patrimoniais. Não se pode cuidar deles na necessidade de auditoria, fiscalização ou quando há um processo judicial acontecendo.

Ativo imobilizado

Ao cuidar bem do ativo imobilizado é possível barrar perdas em caso de furtos, por exemplo. A adoção de revisão periódica também pode evitar desvios de bens. Por isso, a otimização dos gastos pode até gerar receitas por meio de ativos que estavam parados ou que estão obsoletos.

A legislação contábil prevê que seja feita a avaliação do patrimônio da empresa. Quando feita, pode impedir o pagamento excessivo e até a sonegação de impostos. Outro atrativo é a possibilidade de aprovar crédito em instituições financeiras.

Você tem dúvidas sobre como controlar os ativos imobilizados da sua empresa? Entre em contato com conosco e agende uma reunião estratégica com um de nossos especialistas.

Por Equipe Global Consultoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Share This