Inventário de bens móveis : Para que serve?

Inventário de bens móveis : Para que serve?

Para que serve o inventário de bens móveis?

O Inventário dos ativos imobilizados de uma empresa é o primeiro passo prático para o devido controle patrimonial dos bens móveis da entidade.

Inventário de bens móveis na Prática

Na prática é a identificação detalhada de cada bem do ativo imobilizado da empresa. Mas essa identificação detalhada deve observar alguns critérios, veja abaixo:

Para o registro correto e a devida identificação dos bens durante o inventário da empresa, os seguintes campos devem ser observados e anotados no levantamento do imobilizado:

Descrição completa da “espécie” do bem, atenção pois não pode constar (por exemplo) simplesmente a “espécie” do bem, veja a diferença:

  • Descrição do bem (incompleta) no inventário: Mesa de Reuniões.
  • Descrição do bem (completa) no inventário: Mesa de Reuniões em madeira, formato retangular, para 8 pessoas, revestimento formica.

Outro exemplo:

  • Descrição do bem (incompleta) no inventário: Monitor de Vídeo.
  • Descrição do bem (completa) no inventário: Monitor de vídeo, marca Dell, Modelo Dell XYX, tela de 21 polegadas, número de série 123456.

Além da descrição completa com espécie + Marca + modelo + capacidade + número de série é fundamental constar informações sobre a localização exata do bem com Local, Planta, Unidade, Filial, centro de custos, entre outras informações adicionais, como o TAG, Fabricante, etc.

Finalidade do Inventário de bens móveis no controle dos bens patrimoniais

Na área contábil da empresa, que é a responsável pelo controle dos bens patrimoniais, de que forma o inventário contribui para o controle dos bens do ativo imobilizado?

O Inventário Patrimonial é de grande importância para uma empresa, por vários motivos, entre os principais podemos citar:

Inventário patrimonial possibilita o controle dos ativos, logo tem reflexos Financeiros na entidade

Como o nome diz “Patrimônio”, a palavra nos remete a valores, recursos, ativos e para simplificar também pode ser entendido como “dinheiro”.

Inventário patrimonial reflete a Política de Administração na prática

O Controle do Patrimônio demonstra a seriedade com os recursos da empresa. Internamente passa imagem para os colaboradores que os bens patrimoniais são importantes recursos e devem ser utilizados com zelo e precisam ser bem controlados.

O Controle de Patrimônio do ponto de vista externo da empresa reflete a seriedade da administração da entidade com o Ativo Imobilizado, passa a imagem de empresa bem administrada e com atenção aos recursos do ativo imobilizado.

Somente com o Inventário patrimonial há um efetivo Controle de bens do imobilizado para o caso de Seguro

Esta é uma informação de controle patrimonial fundamental, pois no caso da ocorrência de algum sinistro a empresa precisa comprovar quais eram os bens que foram sinistrados no referido local, ou no prédio o da linha de produção. Nestes casos a importância do controle patrimonial fica mais evidente.

Se a empresa possui o Controle do Ativo Imobilizado atualizado a geração de arquivos que comprovam a existência de um Ativo Imobilizado no local sinistrado fica mais evidente e fundamentada.

Para a correta Publicação de Balanço o Inventário patrimonial é fundamental

O Contador da empresa é o responsável pelo pelas informações que publica no Balanço Patrimonial, e o Ativo Imobilizado é uma conta/classe de ativo de grande valor para a maioria das empresas. O controle Patrimonial possibilita a correta informação no Balanço da entidade, no que se refere ao VOC (Valor Original de Aquisição), Depreciação Acumulada, Taxa de depreciação e/ou Vidas úteis dos bens patrimoniais e, principalmente, para elaboração das Notas Explicativas, cujo conteúdo é produto de um efetivo controle patrimonial da empresa.

Para atendimento as exigências Auditoria o Inventário patrimonial resultará em efetivo controle

O Controle Patrimonial é fundamental para atender as exigências das Auditorias. Os auditores externos efetuam testes no imobilizado da empresa auditada, se identificarem a falta de controle dos bens patrimoniais essa situação é apontada nos relatórios de auditoria e podem acarretar até em um ponto de “ressalva” no balanço. Esta situação pode ser evitada se a empresa possui um bom controle patrimonial e os bens do Ativo Imobilizado estão controlados e registrados corretamente, certamente a Auditoria não encontrará nenhum problemas e não haverá apontamentos no Balanço.

Conclusão sobre a importância do Inventário patrimonial

O inventário Patrimonial é o primeiro passo para o efetivo controle dos bens do imobilizado de empresa e dará suporte à todas as exigências que recaem sobre o Imobilizado. Sejam exigências de caráter Financeiro, Política de Administração, Controle para Seguros, Publicação de Balanço e atendimento a Auditoria. São exigências importantes que comprovam que é muito importante para a empresa o Inventário patrimonial.

Por Equipe Global Consult

Gostou do post? Deixe o seu comentário. E se você deseja informações sobre como terceirizar o serviço de inventário de bens móveis na sua empresa FALE CONOSCO e agende uma reunião com nossos gerentes de negócios.

Como controlar ativo Imobilizado na prática

Como controlar ativo Imobilizado na prática

Muitas pessoas acessam o site da Global Consult com uma questão que não é necessariamente comercial, mas representa uma dúvida comum nas empresas: Como controlar o Imobilizado da minha empresa na prática?

Como controlar o Imobilizado da minha empresa na prática?

Para responder essa questão aos interessados diversos, nós elaboramos um roteiro, similar a uma norma ou rotina de controle de patrimônio.

Esta rotina aplica-se a maioria das empresas do Brasil e atende integralmente a legislação em vigor (CPC 27) referente ao Ativo Imobilizado.

Este roteiro tem como objetivo balizar os controles para manter atualizado o inventário dos bens patrimoniais integrantes no Ativo Imobilizado da Empresa.

A razão da busca no saneamento deste tipo de dificuldade, encontrado no controle sobre a estrutura de apoio administrativo de gerenciamento das atividades patrimoniais, demonstra que as empresas estão focadas na adequação de um conjunto de normas.

Este conjunto de normas é bastante sólido, e tem o intuito de orientar seus funcionários para o desenvolvimento de seus trabalhos regulares, ajustados no princípio da eficiência e eficácia dos atos praticados, no que tange à gestão de bens patrimoniais.

Para este fim, estabeleceremos os procedimentos administrativos que deverão ser observados, pelas áreas envolvidas, quando às movimentações de bens do Ativo Imobilizado, aquisição, transferência e baixa de bens patrimoniais.

DEFINIÇÕES

Patrimônio Imobilizado

Definem-se por patrimônio imobilizado, nesta Norma, todos os bens móveis e imóveis da Empresa, disponíveis para o desenvolvimento das atividades inerentes a finalidade para qual a empresa se destina. Exemplos: Prédios, Terrenos, Instalações Industriais, Máquinas e Equipamentos, Moveis e Utensílios, Equipamentos de Informática, Ferramentais, Veículos e outros bens análogos.

Ativo Fixo

É o bem disponível e liberado para ser utilizado na atividade produtiva da Empresa. O bem do imobilizado está ativado em um determinado Centro de Custo.

Centro de Custo

É a área de responsabilidade do bem ativado, devidamente identificável. O Centro de Custo delimita uma área da Empresa onde o bem encontra-se instalado e, portanto, onde são lançados os custos de depreciação desse bem. O Centro de Custo será identificado por código e/ou nome da área onde o bem se localiza.

Código de Centro de Custo

O código de Centro de Custo foi elaborado com base na estrutura organizacional da empresa.

Responsável Direto pela Unidade de Centro de Custo

É o funcionário oficialmente designado para uma determinada área que será o responsável oficial pelos bens locados em seu Centro de Custo, geralmente o Gerente do setor.

Cadastramento do Patrimônio

Primeiramente, o responsável pelo Cadastro do Patrimônio deverá fixar a Plaqueta de Identificação ao bem, e depois, efetivar o cadastro, registrando os dados do bem no Sistema de Controle patrimonial.

Plaqueta de Identificação

É a carteira de identidade do bem. No bem móvel é fixada uma Plaqueta, contendo o número de identificação e código de barras, para facilitar sua localização. Através do sistema informatizado, pode-se rastrear a movimentação de um bem amarrando-se o número da Plaqueta ao código do Centro de Custo e Localização.

Termo de Compromisso e Guarda

É o documento onde o funcionário, que tem a necessidade de se deslocar da sede com o bem pertencente a EMPRESA, assina se responsabilizando em utilizá-lo somente para executar tarefas de interesse do clube, guardar e preservar o bem afim de não danificá-lo bem como comunicar ao responsável da área caso ocorra extravio ou roubo do bem.

Documento de Comunicação de Movimentação de Bens

É o documento onde o funcionário, que tem a necessidade de adquirir um bem para desempenhar alguma atividade de interesse do clube deve preencher acrescentando todos os dados referente ao bem adquirido bem como o local e centro de custo que esta sendo destinado o mesmo.

UNIDADES FUNCIONAIS ENVOLVIDAS

  • ADMINISTRAÇÃO
  • PATRIMONIO
  • FINANÇAS
  • RECURSOS HUMANOS
  • INFORMÁTICA
  • ALMOXARIFADO
  • DEPOSITO
  • Outras

NORMAS E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS

Aquisição de bem

Processo de Compra Padrão

  1. A área requisitante do bem emitirá um documento SOC – Solicitação de Compra para aprovação do setor, onde o mesmo autorizará a realização de orçamentos com o intuito de avaliar os preços orçados e demais vantagens;
  2. O departamento de Compras realizará três orçamentos e lançará num sistema próprio, destacando o de melhor custo/benefício;
  3. O setor x autoriza a compra assinando o documento SOC;
  4. O documento de autorização de compra chega ao Financeiro para o pagamento;
  5. O setor de Compras realiza a compra onde neste momento deverá preencher o CMB com todos os dados informativos necessários para o efetivo cadastro do bem;
  6. Após esta etapa envia a NF juntamente com a CMB para o Almoxarifado informando quanto à data de entrega do bem, devendo informar também a Administração bem como o responsável pelo cadastro patrimonial (funcionário da Global);

Recebimento de Bens para Emplaquetamento e Liberação Padrão

  1. O almoxarifado recebe o Bem e indexa a NF junto ao CMB e informa ao responsável pelo cadastro patrimonial (Global);
  2. Também deverá informar a Administração e ao setor de Compras quanto ao recebimento do bem;
  3. O responsável pelo cadastro patrimonial se desloca até o local onde se localiza o bem para a devida identificação empaquetando o bem seguindo a ordem numérica de controle;
  4. Após a Liberação do responsável pela identificação do bem o almoxarifado entrega a mercadoria, encaminhando o bem para área responsável;

Transferência de Bem

Processo de Transferência de Bem

  1. Todas as transferências de bens do Ativo Imobilizado deverão ser processadas através do preenchimento do documento CMB – Transferência e encaminhada para o responsável pelo controle patrimonial;
  2. A contabilidade deverá validar a CMB, verificando se todos os campos estão preenchidos corretamente;

Processo de Registro Patrimonial

  1. Caso esteja preenchido corretamente a CMB o responsável pelo controle patrimonial processará no sistema de patrimônio e informará a área receptora do bem (centro de custo) e a área de Serviços Gerais para providencias de remoção;

Obs.: Esta solicitação deverá ser efetuada pela pessoa que detenha responsabilidade para tal evento (responsável pelo setor).

Baixa de Bem

Processo de Baixa de Bens do Ativo Imobilizado

  1. Todas as Baixas de bens do ativo Imobilizado deverão ser processadas através do preenchimento do documento CMB – Baixa e encaminhada para o responsável pelo controle patrimonial para processar no sistema de patrimônio;

Processo de Disponibilidade de Venda ou Doação de bens

  1. A área de Serviços Gerais realizará uma triagem dos bens recolhidos para baixa, de acordo com seu estado de conservação, onde ficarão disponíveis para venda (caso haja oportunidade de venda significativa) ou disponibilizado para doação preenchendo o CMB – Baixa salientando tais informações;

Processo de Sucateamento de bens

  1. Com base na triagem da área Serviços Gerais os bens que não poderão ser vendidos ou doados, deverão ser sucateados e vendidos como sucata pela área Serviços Gerais preenchendo o CMB – Baixa salientando tais informações;

Processo de Registro Patrimonial

  1. Caso esteja preenchido corretamente a CMB o responsável pelo controle patrimonial processará no sistema de patrimônio;

Reparo e Manutenção de Bem do Ativo Imobilizado

Processo de Reparo e Manutenção de bens

  1. Inicialmente nenhum bem pode ser reparado, restaurado ou revisado sem consulta prévia quanto ao prazo de validade da garantia do bem ou à existência de contrato de manutenção preventiva ou corretiva.
  2. O orçamento da necessidade de serviço deverá ser realizado nas dependências do clube, sob a vistoria do setor de Serviços Gerais onde designará um técnico para esse fim, preferencialmente conhecedor do problema do bem.
  3. Após esta analise o requisitante (pessoa interessada no reparo do bem) deve preencher o CMB – Reparo e Manutenção informando os dados cadastrais do bem, aguardando o retorno do serviço de reparo no setor do Almoxarifado para informar o sucesso do conserto.

Processo de Registro Patrimonial – Reparo e Manutenção

  1. Caso esteja preenchido corretamente a CMB o responsável pelo controle patrimonial deverá identificar o bem e processar as informações no sistema de patrimônio;

Recebimento de Doação

Processo de Recebimento de Doação

  1. Caso aconteça a possibilidade de recebimento de uma doação o responsável da área contemplado deverá preencher corretamente o documento de recebimento de doação para o devido registro;

Processo de Registro Patrimonial – Doação

  1. O Caso esteja preenchido corretamente a CMB o responsável pelo controle patrimonial deverá identificar o bem e processar as informações no sistema de patrimônio;

RESPONSABILIDADES

  • Patrimônio (Contabilidade) : Será responsável pela normatização, evento contábil, emplaquetamento, identificação dos bens no sistema de patrimônio e inventário dos bens do Ativo permanente.
  • Setor de Compras: Serão responsáveis pela compra dos bens do ativo Permanente.
  • Almoxarifado: A área de almoxarifado será responsável pela recepção dos bens adquiridos e solicitará a área de patrimônio que proceda com o emplaquetamento e registro dos bens antes de serem enviados as áreas requisitantes.
  • Serviços Gerais: Será responsável pelas remoções internas dos bens para outras áreas, e recolhimento de bens inservíveis para o depósito para posterior triagem e procedimentos de descarte.
  • Demais Áreas: Serão gestoras dos seus recursos de ativo permanente, reportando-se as áreas de Patrimônio (contabilidade), Compras, Almoxarifado e Serviços Gerais, para demandar os serviços acima mencionados.

Por Gilberto Oliveira – Diretor Comercial da Global Consultoria

A equipe da Global Consult está a disposição para maiores detalhamentos sobre este tema. Entre em contato com a nossa equipe ou ligue 0800.0095555

Ativo imobilizado: Critérios de mensuração dos bens patrimoniais

Ativo imobilizado: Critérios de mensuração dos bens patrimoniais

Para micro, pequenos e grandes empresários, é fundamental ter conhecimento e total controle sobre a situação contábil de suas empresas.

Existem diversos elementos que precisam ser levados em conta, especialmente em uma época como a nossa, de crise política, econômica e social. Tempos assim sempre assombraram a história brasileira e trouxeram problemas para o empresariado.

Para evitar problemas, existem muitas alternativas oferecidas por equipes de contadores profissionais e especializados para que o empreendedor não perca seu poder de gerência sobre o que é seu, começando por conhecer realisticamente o que é seu e quão valioso é isso para o mercado.

Por isso, elaboramos um guia informativo útil e acessível para que você possa entender o que é um ativo imobilizado, como mensurá-lo (e em quais situações) e usufruir dos benefícios de tal avaliação.

Ativo imobilizado – Saiba o que é e conheça os benefícios de mensurar bens patrimoniais

Antes de tudo, é importante entender o conceito de ativo imobilizado e o que o mesmo significa para uma empresa. O ativo imobilizado abrange um conjunto de bens necessários à manutenção de uma empresa, caracterizados de forma tangível (maquinarias, edifícios alugados ou adquiridos etc.).

Além disso, são contabilizados recursos destinados à aquisição de bens ainda em operação, tais como construções em andamento, adiantamentos, importações, consórcios entre outros.

Abaixo, separamos as vantagens mais relevantes do processo de mensuração de ativos imobilizados e outros bens patrimoniais para sua empresa:

Clareza de informações

Quando as avaliações são realizadas, o empreendedor passa a conhecer muito melhor o real valor de todo o patrimônio de sua empresa. Isso faz com que balanços mensais ou trimestrais sejam transparentes e melhor compreendidos por todos, inclusive por outros empreendedores e investidores do mercado.

Dívidas e empréstimos

Uma vez que os ativos imobilizados são estabelecidos e uma avaliação é realizada, empréstimos e dívidas podem ser discutidos de forma mais clara e justa, pois o patrimônio todo de empresa está transparente para todos.

Legislação

Com uma mensuração realizada de maneira adequada e profissional, o empresário poderá ficar mais tranquilo ao conhecer as legislações que ele terá que prestar contas, e como fazer isso sem desperdiçar dinheiro e ainda assim cumprir todos os seus deveres legais.

Contratação de seguros

Sendo estabelecidos os valores reais dos ativos imobilizados, a contratação de seguros irá refletir essa realidade de maneira justa e menos custosa para o empresário.

Preparação para o futuro

Fusões, reestruturações societárias, aquisições e outras operações serão melhor negociadas e agilizadas com uma avaliação patrimonial bem feita.

Como medir ativo imobilizado

A importância de contratar um escritório contábil que tenha dominância sobre assunto

Antes de medir os ativos imobilizados de sua empresa e fazer uma avaliação patrimonial, é fundamental que o empreendedor conte com os serviços de uma equipe multidisciplinar de contadores preparados, que saibam entender as necessidades de cada empreendimento e fazer as análises necessárias de todo o patrimônio.

Junto de profissionais que conheçam a área e tenham experiência, é possível não somente usufruir de todos os benefícios citados acima, mas também compreender o quão valiosa sua empresa é na realidade.

Por Equipe Global Consultoria

Ativo imobilizado: Benefícios de um controle correto dos bens patrimoniais

Ativo imobilizado: Benefícios de um controle correto dos bens patrimoniais

Cuidar da área contábil de uma empresa é fundamental. A falta de conhecimento sobre o que é ativo imobilizado e falta de controle patrimonial nas organizações prejudica o conhecimento da situação contábil das companhias. Com uma boa gestão é possível definir investimentos, planos de expansão.

Mas o que é ativo imobilizado? De maneira simples, ativo imobilizado diz respeito ao grupo de bens que são necessários para continuidade do cotidiano empresarial, como áreas construídas, maquinas de grande porte, etc.

Mas o ativo imobilizado não se resume somente a isso, ele também engloba os gastos com as melhorias em bens que são arrendados ou locados, bem como os recursos que já foram utilizados para comprar bens tangíveis ou que foram aplicados.

São vários os exemplos das vantagens de fazer o controle do ativo como construções em andamento, adiantamentos para aquisição de bens em consórcio, importações em andamento, entre outros.

Para controlar o ativo imobilizado de uma organização é preciso ter um sistema de gestão que seja capaz de seguir normas que vão facilitar e conduzir procedimentos administrativos como, por exemplo, realização de inventários, cálculos e atualizações que envolvem depreciação, valores de reposição, entre outros itens.

O controle do ativo não pode ser visto apenas como ferramenta para combater fraude. A gestão desse controle ajuda e muito. Confira benefícios importantes:

  • Barra investimentos desnecessários;
  • Dá suporte em casos de sucessão, fusão ou incorporação
  • Fornece informações que ajudam a definições na empresa;
  • Ajuda a completar exigências em caso de necessidade de adquirir crédito

Controlar o ativo imobilizado de uma empresa não é apenas fazer o controle do patrimônio, não é só dar valor ao bem, é preciso saber quanto tempo de vida útil ele oferece. Por isso, é recomendável contratar um serviço de gerenciamento de ativo imobilizado. Com ele, é possível ter a interligação da contabilidade e a manutenção, por exemplo.

Uma das principais características do controle dos ativos é a de controlar todo o ciclo de vida dos patrimônios da empresa, facilitando o controle de gastos da empresa.

Controlar ativo imobilizado

A gestão de controlar o ativo imobilizado de uma empresa pede processo com muitas atividades e tarefas. E nesse caminho é comum acontecerem problemas. Mas eles surgem porque muitas empresas desprezam a importância de um bom inventário físico.

Uma outra ação importante que é preciso esteja clara para os empreendedores e administradores das empresas é sobre a administração dos bens patrimoniais. Não se pode cuidar deles na necessidade de auditoria, fiscalização ou quando há um processo judicial acontecendo.

Ativo imobilizado

Ao cuidar bem do ativo imobilizado é possível barrar perdas em caso de furtos, por exemplo. A adoção de revisão periódica também pode evitar desvios de bens. Por isso, a otimização dos gastos pode até gerar receitas por meio de ativos que estavam parados ou que estão obsoletos.

A legislação contábil prevê que seja feita a avaliação do patrimônio da empresa. Quando feita, pode impedir o pagamento excessivo e até a sonegação de impostos. Outro atrativo é a possibilidade de aprovar crédito em instituições financeiras.

Você tem dúvidas sobre como controlar os ativos imobilizados da sua empresa? Entre em contato com conosco e agende uma reunião estratégica com um de nossos especialistas.

Por Equipe Global Consultoria

Ativo imobilizado: Conceito e importância do seu controle nas empresas

Ativo imobilizado: Conceito e importância do seu controle nas empresas

No post de hoje vamos falar sobre o conceito do ativo imobilizado e a importância e benefícios do seu controle nas empresas.

Em tempos de crise financeira e instabilidade econômica no país, é importante resguardar o patrimônio do seu empreendimento a fim de obter controle sobre tudo que lhe acontece.

Além disso, muitas vezes, diante de épocas social e economicamente frágeis, muitos empreendedores têm dificuldade de enxergar realisticamente o quão valiosas suas empresas realmente são.

Uma vez que isso é extremamente necessário, muitas consultorias de contabilidade especializadas no assunto oferecem seus serviços a empresas que precisam de uma análise completa de seus bens tangíveis (edifícios utilizados, máquinas etc.), a fim de compreender os valores e custos contábeis de tudo no mercado.

Por isso, elaboramos um guia informativo útil e acessível para que você possa compreender a importância do ativo imobilizado. Assim como, porque todas as empresas deveriam manter total controle sobre ele, sejam eles iniciantes ou veteranos no mercado.

O que é ativo imobilizado

Conheça os benefícios do controle do ativo imobilizado da sua empresa

O ativo imobilizado pode ser compreendido como o conjunto de bens utilizados para a manutenção das atividades de uma empresa, encontrados em forma tangível.

Além disso, ele também pode abranger os custos de benfeitorias em bens locados e aquisição de bens ainda em operação, como construções inacabadas, adiantamentos etc.

Abaixo, separamos os benefícios mais relevantes para conhecer e controlar o ativo imobilizado de seu negócio:

1 – Evita prejuízos

Ao contratar uma equipe de confiança para fazer a análise dos ativos imobilizados, você evitará perdas e desvios de bens imobilizados da sua empresa por meio de revisões periódicas da situação financeira do seu empreendimento.

2 – Controle de pagamentos

Ao realizar pagamentos de impostos e taxas, a fiscalização do ativo imobilizado evita que sua empresa pague mais do que deveria legalmente, fornecendo as informações necessárias para o cumprimento das leis e suas fiscalizações.

3 – Atraindo investimentos

Quanto mais transparente for a situação financeira e os balanços apresentados pela sua empresa, maiores serão as ofertas de investimento e aprovação de crédito de instituições públicas e/ou privadas.

4 – Ciclo de vida útil de ativos

Com o controle do ativo imobilizado, será mais fácil otimizar gastos com investimentos novos, podendo gerar receitas com ativos obsoletos para diversas operações.

5 – Benefícios fiscais

Existem diversos benefícios na aquisição de bens de ativo imobilizado, como suspensão de lançamento de imposto incidente na importação de bens, crédito integral do ICMS incidente em casos de aquisição interna de bens, etc.

inventario-patrimonial

Controlar ativos imobilizados – A importância da contratação de uma consultoria especializada para manter o controle patrimonial da sua empresa.

Mesmo sabendo de todos os benefícios dos quais as empresas podem tirar proveito, uma vez que, estabeleçam e controlem seus ativos imobilizados, é de extrema necessidade ter em mente que para fazê-lo, é preciso contratar um serviço especializado e profissional. Dessa forma, a empresa contratada poderá entender as necessidades do seu empreendimento e poderá fazer uma análise profunda e completa.

Por que contratar uma consultoria especializada

Uma vez que existe uma probabilidade alta de economia e lucro com os ativos imobilizados, a equipe profissional precisa ser competente, pois existem diversas etapas no processo que demandam atenção e qualquer erro pode trazer prejuízos na hora de preparar o inventário físico.

Gostou deste post ou tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário!

E se precisa de mais informações sobre como controlar efetivamente os ativos imobilizados da sua empresa, entre em contato com a nossa equipe e agende uma reunião estratégica com um de nossos especialistas.

Por Equipe Global Consultoria